Home » DESTAQUES » Justiça do DF suspende leilão do Torre Palace abandonado em Brasília

Justiça do DF suspende leilão do Torre Palace abandonado em Brasília

Leilão do hotel Torre Palace estava marcado para o dia 28 de março.
TRT decidiu pela suspensão após divergências sobre valor da dívida.

O Tribunal Regional do Trabalho do Distrito Federal suspendeu o leilão do hotel Torre Palace, no Setor Hoteleiro Norte, no Plano Piloto. De acordo com a decisão da juíza do trabalho Ana Beatriz do Amaral, há controvérsias em torno da dívida exigida e da avaliação do imóvel. O processo está em fase de execução e uma nova data para o leilão ainda não foi estabelecida.

No dia 11 de fevereiro, o TRT anunciou o leilão para o dia 28 de março, após descumprimento de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) que previa a correção das irregularidades nos pagamentos de funcionários. Os proprietários do hotel deviam R$ 120 mil em multas. O imóvel, que fica próximo a importantes monumentos de Brasília, como a Torre de TV e o estádio Mané Garrincha, estava avaliado em R$ 35 milhões.

Cerca de 200 pessoas vivem no local, entre moradores de rua e membros do Movimento de Resistência Popular. No último domingo (29), a Polícia Militar fez uma varredura no hotel após denúncia de tiros dentro do prédio. A equipe, formada por 50 homens, chegou ao local por volta de18h30. Nenhuma arma de fogo foi encontrada.
“É uma situação muito triste, é um local muito sujo, um local muito escuro, fede bastante, tem ratos e eles estão ocupando os quartos. Do lado esquerdo tem quatro quartos, do lado direito, assim que você sai da escada, tem mais dez quartos. Eles fecham com madeirite, né, faz uma porta de madeirite. E lá eles vivem, famílias ali dentro”, disse o capitão Michello Bueno à TV Globo na ocasião.