Home » DESTAQUES » Estrelas de hotéis são mais confiáveis que sites de viagem

Estrelas de hotéis são mais confiáveis que sites de viagem

Hoje temos no Brasil aproximadamente 25.600 meios de hospedagem que até então faziam a sua própria classificação. Sem uma determinação clara da lei, os hóspedes ficavam à mercê da autoavaliação realizada por cada estabelecimento.

Um inconveniente para o turista que pagava por um hotel com acomodações inferiores ao que fora anunciado e para os hoteleiros que tinham os seus meios de hospedagem equiparados de forma desleal. As avaliações de uma pousada e de um hotel “luxo”, por exemplo, eram feitas da mesma forma.

As estrelas voltaram a ter sentido com a Política Nacional do Turismo (lei nº 11.771), que foi sancionada em 2008 e, posteriormente, instituída pelo decreto nº 7.500/2011. A lei que prevê o estabelecimento de normas de classificação dos meios de hospedagem deu origem ao SBClass (Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem).

Hoje, o ministério do Turismo é o único que pode determinar o número de estrelas de cada estabelecimento. Um avanço, pois os grandes eventos que o país irá sediar virão acompanhados de um grande número de turistas que terão um instrumento de confiança para fazer a escolha do hotel, assegurados por um orgão do governo.