Home » DESTAQUES » FBHA discute ações para auxiliar o setor durante a pandemia

FBHA discute ações para auxiliar o setor durante a pandemia

Na última segunda-feira (29), Alexandre Sampaio, presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), participou da reunião com a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo (Frentur). O encontro ocorreu paralelamente à posse da presidência do deputado Marx Beltrão (PSD) e a continuação de Herculano Passos (MDB), como vice-presidente.

A ocasião também trouxe discussões acerca das ações da comissão em prol do Turismo durante a pandemia ocasionada pela Covid-19. O Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse) e a MP 1036, referente aos cancelamentos de reservas, foram destaques da reunião, que ocorreu em formato virtual.

“Estivemos presentes na reunião, junto com o G20+, para trazer aspectos importantes em relação aos suportes que buscamos para o nosso setor durante a pandemia. Além do Perse, que temos urgência pela aprovação, e da Medida Provisória, também pautamos a importância da prorrogação da Lei 14.020, responsável por trazer aspectos relacionados à redução de jornada e de salário”, conta Sampaio, presidente da FBHA.

Sobre a FBHA – A Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) é uma entidade sindical patronal constituída com a finalidade de coordenação, defesa administrativa, judicial e ordenamento dos interesses e direitos dos empresários da categoria e atividades congregadas. Integra a chamada pirâmide sindical, constituída pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), pela própria FBHA, pelos Sindicatos e pelas empresas do setor.

É uma das maiores entidades sindicais do país e tem representação nos principais órgãos, entidades e conselhos do setor empresarial e turístico do Brasil, tais como o Conselho Nacional de Turismo (CNT), do Ministério do Turismo, ou o Conselho Empresarial do Turismo (Cetur) da CNC.

Está presente em todas as regiões, através de 67 sindicatos filiados. Representa em âmbito estadual e municipal cerca de 940 mil empresas, entre hotéis, pousadas, restaurantes, bares e similares.