Home » DESTAQUES » Governo da Paraíba começa a entregar cestas básicas para setor de Turismo

Governo da Paraíba começa a entregar cestas básicas para setor de Turismo

O Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Humano e articulação da PBTur (Empresa Paraibana de Turismo), entrou nesta sexta-feira (26) cestas básicas para entidades de trabalhadores ligadas ao segmento de Turismo. Foram entregues alimentos para o Sindicato dos Guias de Turismo, Cooperativa de Bugueiros e Abrasel (Associação Brasileira de Bares Restaurantes e Similares, seccional Paraíba). Ao todo, para as pessoas que trabalham na área, serão entregues cerca de 4 mil cestas básicas.

A presidente da PBTur, Ruth Avelino, destacou que a ação faz parte das medidas anunciadas pelo governador da Paraíba, João Azevêdo, no sentido de minimizar os efeitos negativos para a economia provocados pela pandemia da covid-19. Essa ação atende, principalmente, à população mais vulnerável nesse momento. Ao todo, o Governo do Estado deve distribuir 500 mil cestas básicas para diversos segmentos da economia.

Para ter acesso às cestas básicas, Ruth Avelino disse que as entidades devem encaminhar uma solicitação oficial à Secretaria de Desenvolvimento Humano. Após análise criteriosa do pedido, é estabelecido um número de cestas básicas e encaminhadas para que elas cheguem realmente a quem precise. Na próxima semana, as cestas serão entregues às associações dos donos de quiosques de praias, das embarcações turísticas, do Sindicato das Transportadoras Turísticas e Convention Bureau de João Pessoa.

Em um vídeo, o presidente do Sindicato dos Guias da Paraíba, Pablo Robério, fez questão de agradecer ao governador João Azevêdo e ao secretário de Desenvolvimento Humano, Tibério Limeira, pela importante ajuda aos profissionais daquela área. O presidente da Abrasel-PB, Arthur Lira, também agradeceu ao Governo pela entrega das cestas básicas, em solenidade simbólica ocorrida na sede da entidade, em João Pessoa. O evento contou com a presença de Ruth Avelino e do secretário Tibério.