Home » DESTAQUES » Minas Gerais se consolida no setor de turismo de eventos e turismo e negócios

Minas Gerais se consolida no setor de turismo de eventos e turismo e negócios

Estado recebe grande número de turistas para eventos profissionais

Minas Gerais é um dos poucos estados brasileiros a apresentar diferentes atrativos turísticos em um só destino. O estado conta com 853 municípios e mais de cinco mil distritos e povoados, com grandes riquezas históricas, culturais e belezas naturais. Essa multiplicidade está fortalecendo também o mercado de turismo de eventos e negócios. Conforme dados da CDL/BH, Minas Gerais foi o segundo estado brasileiro a receber turistas em 2014, totalizando 990 mil pessoas. A capital já é considerada como referência no turismo de eventos e negócios, ocupando 4º lugar no ranking nacional de procura para o setor de viagens corporativas.

O presidente da ABAV-MG, Associação Brasileira das Agências de Viagens, Antônio da Matta, explica que o estado apresenta grande potencial para o segmento. A capital, por exemplo, conta com grande quantidade de hotéis que foram inaugurados com a Copa do Mundo e 385 espaços com estrutura para realização de eventos. Outras características, como a gastronomia, o artesanato e a hospitalidades, reforçam a procura pelo estado para a realização de missões empresariais, visitas técnicas, viagens corporativas, rodadas de negócios, feiras, workshops, convenções, congressos, fóruns, seminários e palestras. “O turismo de negócios proporciona equilíbrio na relação entre oferta e demanda durante o ano, pois independe de condições climáticas e períodos de férias escolares”, conta.

O presidente destaca que as cidades históricas próximas, como Ouro Preto, também apresentam boa estrutura de leitos, restaurantes e espaços para eventos. Entretanto, o estado precisa de investimentos para aprimorar a infraestrutura e fomentar o mercado. “Cidades do interior apresentam grande potencial para receber esse tipo de turismo, mas é perceptível que ainda existe um déficit em algumas delas, que requerem investimentos em medidas básicas, como na estrutura dos hotéis, disponibilidade de traslados e até mesmo opções para a alimentação do turista”, analisa.

Outro ponto importante para fortalecer o mercado é investir na qualificação dos profissionais que atuam no setor. “O agente que tem a compreensão da atual situação turística do país, suas transformações e mudanças mercadológicas, seja devido à crise, seja pelas exigências do mercado. Essa característica é fundamental para estimular os resultados do turismo no país”, analisa.

Matta aponta que, pensando em capacitar esses profissionais, será realizado o 1º Festival de Turismo de Ouro Preto, entre os dias 15 e 17 de outubro, no Centro de Convenções da UFOP, em Ouro Preto. O evento é realizado pela ABAV-MG e pela Fire Assessoria de Eventos, tem apoio governamental da Prefeitura Municipal de Ouro Preto e Governo de Minas Gerais, do Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac e de parceiros estratégicos do trade. ”O festival reunirá importantes profissionais de turismo que atuam em vários estados do país para discutirem como está o mercado e trocarem experiências. As atividades paralelas, como congressos e seminários também promoverão a qualificação desses profissionais, visando às necessidades que o turismo brasileiro requer”, ressalta.

Segundo o presidente o primeiro passo foi dado e está e a grande oportunidade para os expositores de turismo promover possibilidades de negócios para todo o mercado brasileiro. “Teremos caravanas com os agentes de viagens de todas as regiões mineiras e outros estados”, conta.