Home » Notícias » MTur e Pátria Voluntária firmam acordo para promover acessibilidade e voluntariado no turismo

MTur e Pátria Voluntária firmam acordo para promover acessibilidade e voluntariado no turismo

Acordo buscará aperfeiçoar as políticas públicas de acessibilidade no turismo brasileiro

OMinistério do Turismo e o Programa Nacional de Incentivo ao Voluntariado (Pátria Voluntária) firmaram nesta segunda-feira (27.09) um Acordo de Cooperação Técnica para estimular o engajamento e a participação em atividades voluntárias que promovam a acessibilidade no turismo. A iniciativa, lançada em alusão ao Dia Mundial do Turismo e ao Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência, será desenvolvida no âmbito do Programa “Turismo Acessível” que promove a inclusão social e o acesso de pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida à atividade turística.

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, a proposta vem para somar um conjunto de ações já realizadas pela Pasta para a inclusão da acessibilidade no setor de viagens. “Esse ACT reforça o compromisso do Ministério do Turismo e de todo o governo federal em promover a acessibilidade e a inclusão desse público que tanto contribui para o turismo nacional. Temos uma série de ações que já estão sendo desenvolvidas por parte do Programa Turismo Acessível e que, com esta parceria, poderão elevar o Brasil a um novo patamar no segmento, podendo até mesmo virar referência mundial”, disse.

Além das ações já desenvolvidas pelo Programa Pátria Voluntária, o ACT buscará aperfeiçoar as políticas públicas de acessibilidade no turismo brasileiro. As ações serão realizadas por meio da articulação entre governo, setor privado e sociedade civil, para proporcionar o engajamento social, a participação cidadã em ações transformadoras e o acesso de pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida com mais segurança e autonomia aos benefícios da atividade turística.

“Com essa parceria, pretendemos mobilizar e promover a divulgação e o desenvolvimento de atividades voluntárias direcionadas à acessibilidade desse público. E ainda, fazer uma ponte entre o governo, o setor privado e a sociedade civil para viabilizar a implementação de ações conjuntas para o fomento de atividades voluntárias voltadas à implantação da acessibilidade, por meio do programa Turismo Acessível, em benefício, especialmente dos turistas com deficiência ou com mobilidade reduzida” explica a secretaria-executiva do Pátria Voluntária, Adriana Pinheiro.

Hoje, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 6,2% da população brasileira possuem algum tipo de deficiência. A acessibilidade é uma preocupação constante do Ministério do Turismo. Uma das ações desenvolvidas pela Pasta é o Programa Turismo Acessível, que prevê ações voltadas à promoção da inclusão social e do acesso de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida a atividades turísticas. O trabalho complementa outras inciativas desenvolvidas no âmbito do governo federal para a garantia de condições dignas de vida, a plena participação na sociedade e a igualdade de oportunidades a todas as pessoas com deficiência.

AÇÕES DO MTUR – Além do programa “Turismo Acessível”, o Ministério do Turismo tem trabalhado em diversas frentes em prol da inclusão social e do acesso das pessoas com deficiência às atividades do setor. Entre elas, podemos destacar o desenvolvimento do aplicativo móvel para a interação de pessoas com deficiência visual e auditiva em atrativos turísticos, o TATU; o lançamento e divulgação de guia com Dicas para Atender bem Turistas com Deficiência; oferta de cursos para prestadores sobre como atender bem este público e a revisão de quatro cartilhas de turismo acessível.

Por Victor Maciel

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo