Home » ENTIDADES DE CLASSE » ABIH-RJ e HotéisRIO divulgam pesquisa de ocupação hoteleira para o feriado de Corpus Christi no interior e na capital do estado

ABIH-RJ e HotéisRIO divulgam pesquisa de ocupação hoteleira para o feriado de Corpus Christi no interior e na capital do estado

Nesta terça-feira, dia 14 de junho, ABIH-RJ e HotéisRIO divulgaram a pesquisa de ocupação para o feriado de Corpus Christi no interior e a primeira prévia para a capital. Segundo a ABIH-RJ, até o momento a rede hoteleira do interior do Rio de Janeiro registra uma média de 80,27% dos quartos reservados para o período de 16 a 19 de junho. Já o HotéisRIO observa uma média de 72,55% nos hotéis da capital fluminense.

Beneficiados pela queda da temperatura, os destinos serranos ganharam a preferência dos turistas: Miguel Pereira, com 100% de lotação, e Teresópolis, como 93%. Itatiaia e Penedo, com hotéis e restaurantes voltados para turismo de inverno, ficaram em terceiro, com 91,59%, seguidos de perto por outro destino serrano, Nova Friburgo, com 89,60%, seguida de Vassouras (88,07). Valença/ Conservatória empataram com Macaé – 84%. Depois vem Paraty, com 73,40%, à frente de outro empate, desta vez triplo: Angra dos Reis, Cabo Frio e Petrópolis, com 73%, seguidos por Rio das Ostras (71%), Arraial do Cabo (66,70%) e Armação dos Búzios (63,50%). O presidente da ABIH-RJ, Paulo Michel, ressaltou que, com a temperatura mais amena, os destinos de montanha se destacam. “O frio beneficia os empreendimentos localizados na serra, preparados para essa modalidade de turismo”.

Na capital, as regiões do Leme/ Copacabana lideram, com 77,95%, seguidas de perto por Ipanema/ Leblon, com 77,14%. Flamengo/ Botafogo aparecem em terceiro lugar, com 73,62%; o Centro está na quarta colocação, com 69,90%, seguido por Barra da Tijuca/ São Conrado, com 66,84%.

O presidente do HotéisRIO, Alfredo Lopes, atribui o bom resultado da capital ao fato de o Rio ser uma cidade com inúmeras opções culturais e gastronômicas e à proximidade com importantes destinos emissores: “É um turismo doméstico, com visitantes oriundos de São Paulo, capital e interior, e Minas Gerais. Mas nossa expectativa é chegar a 85% até o dia do feriado”.